Por que uma marca consegue cobrar um valor muito mais alto sobre um produto comum?

Ana Paula Martins
Ana Paula Martins

Formada em Publicidade e Propaganda; MBA Marketing Branding e Growth

Ana Paula Martins
Ana Paula Martins

Formada em Publicidade e Propaganda; MBA Marketing Branding e Growth

Você já parou para pensar o porquê um mesmo produto pode ter um valor tão diferente dependendo da marca? E por que, uma marca que cobra um valor tão mais caro, sobre um produto comum, não só consegue vender muito, como ainda tem uma legião de fãs?

A resposta simplista para essas questões é: marketing.

Nesse artigo vamos aprofundar todos os fatores que determinam o valor de um produto e de uma marca.

É claro que em muitos casos, a qualidade de um produto mais caro é superior a um produto mais barato. Seja o perfume que o amaciante deixa nas roupas por mais tempo, ou a qualidade do tecido usado pelas marcas de roupa de luxo. Mas, em boa parte dos casos, não há diferenças significativas na qualidade do produto, não de maneira proporcional ao preço, e mesmo assim, há marcas que vendem o mesmo produto por muito mais.

Isso é branding.

O Poder do Branding

A principal resposta do por que essas marcas conseguem cobrar mais reside no branding. O consumidor não compra apenas o produto, compra a marca, a ideia e o sentimento que ela transmite, e por isso paga mais caro. Construir uma marca forte envolve várias estratégias que criam um valor percebido maior.

Nesse artigo explicamos porque o Branding é a estratégia que construirá uma marca perene, que trará resultado exponenciais no longo prazo.

Posicionamento e comunicação

O modo como uma marca se posiciona é determinante para o valor do seu produto.

Veja o exemplo da Haagen-Dazs, ela se posiciona no mercado como uma marca de sorvetes de luxo. Toda sua comunicação, desde o nome da marca, ao formato da embalagem, as cores escolhidas, os sabores de cada sorvete, comunicam que são uma marca feita para um público exclusivo, de alto padrão. Apesar disso, os sorvetes que vendem são na verdade, comuns, com ingredientes utilizados na maioria dos sorvetes e receitas facilmente replicáveis por qualquer outra marca.

Esse posicionamento se dá através dos valores que sua marca comunica, e os sentimentos que ela é capaz de despertar. Usando mais um exemplo da imagem a cima, a marca BIC tem como principal objetivo comunicar praticidade, agilidade e soluções cotidianas, enquanto a Mont Blanc comunica celebração, poder e imponência. Não é à toa que o seu símbolo representa o alto da montanha francesa “Mont Blanc”, mostrando que quem usa suas canetas já chegou ao topo. 

Utilizar esse posicionamento como um símbolo de status ou sofisticação é a principal estratégia adotada por todas as marcas de luxo.

Mas essa comunicação não precisa ser só associada ao luxo. A marca The North Face vende roupas e acessórios esportivos, com foco em escaladas, por um preço mais elevado que as concorrentes. Isso porque não vende apenas botas e equipamentos, vende a emoção do desafio, a liberdade e a conexão com a natureza.

Experiência do cliente

Um fator muito importante que é agregado ao branding de alto valor, é a experiência do cliente. Essa experiência envolve o todo, desde o momento em que o seu cliente teve conhecimento sobre seu produto e marca, até o que ele sente enquanto usa o seu produto.

Se você entrar em uma loja de luxo, perceberá que o atendimento é altamente personalizado. É comum ver os vendedores usando luvas, representando o quão valiosos são os produtos. Também é comum que sirvam um café, ou até mesmo espumante, e do início ao fim a atenção do vendedor é totalmente do cliente. Tudo no ambiente é pensado para agradar o cliente, o cheiro, iluminação e até o formato de disposição dos produtos.

As embalagens dos produtos são de altíssima qualidade, sempre nas cores da marca, e perfeitas até nos mínimos detalhes. Retirar o produto de uma embalagem bonita e bem feita gera no consumidor um sentimento de cuidado e encantamento, o que aumenta a percepção de valor.

Isso é uma estratégia muito bem executada pela marca Swaroviski, que a primeiro momento parece ser uma marca de joias finas, mas na verdade, vende bijuterias, por um preço muito superior a qualquer outra marca de bijuterias. A Swaroviski agrega o valor à marca justamente pelo seu posicionamento e experiência do cliente. 

Link da imagem: https://www.instagram.com/p/Ct93-pmMUfc/

Associação da sua marca

Um outro fator comum entre as marcas de alto valor é a associação da marca com personalidades que comuniquem os mesmos valores. Essa estratégia é ainda mais impactante no universo das redes sociais.

Nesse artigo falamos do poder de se associar a influencers digitais, mas é importante reforçar: a comunicação do seu influencer, bem como seus valores e público alvo precisam estar alinhados ao da sua marca.

Entenda que utilizar essa estratégia é reforçar o posicionamento da sua marca, bem como acessar a um público (do seu influencer) que muito provavelmente enxergará valor na sua marca.

Usando mais um exemplo dos produtos apresentados na imagem inicial, a marca de amaciantes Downy não só se posiciona muito bem quanto ao valor do seu produto, mostrando que o perfume dura muito mais tempo nas roupas, como tem parcerias com influencers que tem uma mensagem bem alinhada com a da marca. É interessante perceber como as campanhas da marca se parecem com as campanhas de perfumes, reforçando o valor do produto. 

Link da imagem: https://www.instagram.com/p/CpTcbREgTOI/


Na Agência Feel, entendemos que o verdadeiro valor de uma marca não reside apenas no produto, mas na percepção que ela cria. Com nossa abordagem de comunicação humanizada e estratégias abrangentes de marketing digital, ajudamos marcas a se posicionarem de maneira que justifique os preços, gerando impacto e resultados no longo prazo.

Assine nossa newsletter!